É possível ajudar as crianças e os bebês aprenderem?

Vamos entender como mediar as experiências para que a criança possa adquirir conhecimento, e não se encher de informações rasas que não fazem muito sentido para sua vida.

As crianças aprendem por imitação, observando os pais, os professores e a família. Mas principalmente os pais, que são sua referência de cuidados, afeto e segurança.

Os pequenos observam os adultos a todo tempo, como eles reagem frente a um problema, uma emoção, quando batem o dedo no armário ou quando querem um pedaço de bolo. Como seus pais utilizam o telefone, para que usam as chaves do carro, os talheres, e se lavam a mão após utilizar o banheiro.

Observam o comportamento dos animais, dos insetos, os objetos, pois ainda não sabem como o mundo  funciona, como resolver problemas, ou como lidar com seus próprios sentimentos.

A aprendizagem por imitação, por repetição dos gestos e comportamentos acontece nos primeiros anos de vida principalmente, e não somente pelo que seus pais ou os professores explicam. Somente palavras, sem a obervação real e concreta, não funciona muito bem…

Resultado de imagem para kids see nature

As crianças aprendem reproduzindo durante as brincadeiras, as ações e palavras de tudo que ela viu durante seu dia. Por isso o brincar além de ensinar por experiência, reforça todo o conhecimento e informação adquirida em todos os ambientes.

Por isso, os pequenos adoram mexer e colocar  a mão em tudo. Pois eles podem sentir,  só olhar não é suficiente para sanar a curiosidade ou entender como aquele relógio funciona, ou do que aquele vaso de vidro é feito.

Elas precisam experimentar, pegar, morder, apertar e até jogar. Precisam utilizar os comportamentos que sabem e copiar outros, para conhecerem e se sentirem capazes de fazer também por si só e resolver seus problemas.

Para conseguirem colocar as meias, lavar as mãos, tirar a blusa e se alimentar. Capaz de guardar seus brinquedos, carregar sua mochila, pular corda e arremessar a bola.

Para que a criança desenvolva essas habilidades, os pais e cuidadores podem :

– criar um ambiente em que a criança possa explorar com diversas brincadeiras,

– controle e redução do tempo de utilização de eletrônicos,

– permitir que a criança tente resolver problemas, e cuidar de suas coisas,

– dê atenção, afeto e participe de seus desafios, ajudando e orientando quando a criança precisar

– estimule seu desenvolvimento, mas com respeito ao tempo, as habilidades e os interesses da criança

– não julgar, mas acolher diante às dificuldades e frustrações

– ajudar a criança a reconhecer seus comportamentos e sentimentos, bons e ruins

– dar algumas dicas de resolução de problemas, quando elas apresentarem dificuldades, mas não fazer por elas

Estar preto, oferecer colo, escutar e brincar com os filhos são as melhores formas de ensinar, e a melhor maneira da criança aprende.

 

Deixe sua opinião

Open chat
Olá, gostaria saber mais sobre estimulação infantil?
Powered by