Desde que acordamos, até a hora de dormir, muitas oportunidades rotineiras estão presentes para estimular o desenvolvimento de nossos filhos.

As brincadeiras e atividades de estimulação estão por toda arte a todo momento, basta estarmos atentos para observarmos e aproveitarmos.

São simples, mas é preciso muita atenção e disposição para colocar em prática. É simples, mas não é tão fácil assim.

Para Alyson Shaw, um pediatra do Hospital Infantil de Otava,

“pais de primeira viagem, querem dar ao bebê os melhores momentos no inicio de vida. E grande apoio e estímulo ao desenvolvimento do cérebro do bebê. Pode parecer uma tarefa assustadora, mas aumentar o cérebro do seu bebê não precisa ser complicado.”

As orientações realizadas pelo método BRINC, estão totalmente de acordo com as orientações do Dr Alyson. Devemos aproveitar todos os momentos para estimular. E que se as tarefas são realizadas sob o olhar da mãe, do pai, ou de alguém com vínculo afetivo forte, as simples atividade de toma banho e se alimentar, pode ser um momento muito significativo que ajuda a realizar grandes conexões cerebrais.

Por isso seguem algumas dicas de estimulação durante as atividades de vida diária:

 

1. Amamentação ou alimentação com mamadeira
Alimentar seu filho não é apenas um ótimo momento de conexão – é também uma ótima oportunidade para fazer seu cérebro funcionar. “Quando os bebês nascem, eles podem se concentrar no rosto de uma mãe a partir da distância que estão durante a amamentação”, diz Shaw. Quando você está se alimentando, você está olhando para o seu bebê e os dois estão fazendo expressões faciais um para o outro. Se seu bebê mama na mamadeira, mantenha-a aninhada na altura do seu peito para garantir que seu bebê esteja perto o suficiente para se concentrar em seu rosto.

 

2. Vamos passear
Vamos pensar: não há muito que você possa fazer com o seu bebê enquanto você está concentrada dirigindo. E seu bebê está olhando para o estofamento no banco de trás. Entregar um tablet resolve qualquer problema… Mas para bebês, não é a solução, menos ainda  o ideal. Cantar ! É uma atividade que você não precisa  necessariamente usar as mãos. “Quando os pais cantam para bebês, eles geralmente cantam com muita entonação, o que é interessante para o bebê”, diz Shaw. “As músicas podem introduzir novas palavras e padrões repetitivos, o que é importante para o desenvolvimento da linguagem. Cantar também ensina os bebês sobre rimas, o que é importante para o sucesso posterior na leitura. A música traz muito conhecimento e realiza muitas conexões e desenvolvimento cerebral. E a voz da mãe é um dos sons com maior potencial para estimulação cerebral de seus filhos.

3. Troca de Fralda
Fralda suja não é exatamente a tarefa de sonho de todos os pais, mas não faça careta. É o momento ideal para estimular a linguagem do seu bebê, diz Shaw. Fale com ele sobre o que você está fazendo e o que fará em seguida. “Os bebês podem esperar certos padrões para o seu dia. Se você está trocando seu bebê e canta uma música diferente, você está muda esse padrão e isso ajuda a ampliar seu conhecimento”, explica ela.

Além das cantorias, pegue seu é, e diga que parte do corpo você está tocando. Coloque a fralda sobre seu rosto, e brinque de “achou”. Isso a ajudará a aprender sobre a permanência do objeto ou a consciência que objetos continuam existindo mesmo quando não podem vê-los. Ajude-o a bater ‘palminhas”, e conte histórias, caprichando nas expressões faciais.

4. Hora do banho
Não é só hora do banho – é hora da matemática e da ciência! Bebês adoram derramar água de um recipiente para outro, e enquanto o seu pequeno está brincando alegremente na banheira, ela também está aprendendo causa e efeito.  A hora do banho também oferece uma grande oportunidade para interagir com seu bebê: Cante músicas, conte histórias, enquanto ensina a você para ajudar a desenvolver suas habilidades de linguagem. Peça para o bebê lavar a cabeça, esfregar o pé com a esponja, a barriga. Assim o bebê inicia a desenvolver noção corporal e auto conhecimento.

5. Compras de supermercado
Quando seu bebê está no carrinho, você pode ser tentador mantê-lo ocupado com um telefone ou tablet. Ou,  ampliar seu mundo e ampliar seu desenvolvimento cerebral. “Descreva os cheiros, cheiros, formas”. “Deixe o bebê tocar um kiwi e mostre a ele como ele se sente diferente de uma laranja.” Você também pode pedir que o bebê coloque as frutas e legumes em uma sacola. Pegar uma manga pesada e grande, e uma uva, pequena e leve. São muitos E seu bebê vai adorar um jogo de “Onde ele foi!” (E você vai adorar que ele está aprendendo a permanência do objeto) quando você colocar os itens no carrinho atrás dele.

Essas atividades podem e devem ser ampliadas para todas as outras tarefas de rotina. Esse é um grande desafio, e gostaria de convidar  você a participar dessas descobertas!

Estimular a inteligência de bebês e crianças, não é tão complexo assim, desde que o processo de como fazer isso seja entendido. Conhecer o conceito e desenvolver as tarefas, é mais fácil que copiar receitas.

Quer saber um pouco mais da teoria de como desenvolver e inserir essa prática na rotina? De estabelecer estratégias que irão fazer muita diferença no desenvolvimento cerebral do seu bebê?

Conheça o Método BRINC e o livro SUPER GÊNIOS, muitas outras orientações e esclarecimentos sobre a potencialização do desenvolvimento de nossos filhos.

Próximo post, falaremos sobre mais 05 atividades !!! Não perca!

Deixe sua opinião

Olá, gostaria saber mais sobre estimulação infantil?
Powered by